Fundo de Ações

Os fundos de ações são fundos onde o gestor deve alocar no mínimo 2/3 (67%) do seu patrimônio em ações ou ativos atrelados a estes papéis, como direitos de subscrição entre outros. Existem dois tipos de fundo de ações. O primeiro são os passivos onde o gestor busca acompanhar o índice de referência nas ações que é o índice Bovespa, mais conhecido como IBOV. O segundo tipo são os ativos, onde o gestor busca uma rentabilidade acima do IBOV, o que é chamado no mercado como gerar “alpha” ou render acima do IBOV.

Perfil do investidor: Agressivo